sábado, 13 de abril de 2013

Papa Francisco criou grupo de 8 cardeais para estudar reforma da Igreja


Para quer sanear áreas da igreja atingidas por escândalos

O papa Francisco criou um grupo de oito cardeais de todos os continentes para «o aconselharem no governo da Igreja» e estudarem um projeto de reforma da Constituição da Curia, anunciou hoje o Vaticano. A decisão é divulgada após um mês da eleição e tem por objetivo combater escândalos e  acentuar o sistema colegial.

Os cardeais nomeados são dois europeus, dois latino-americanos (um do Chile e outro das Honduras), um cardeal norte-americano, um arcediago da Índia, o arcediago de Kinshasa (República Democrática do Congo), e um arcediago da Austrália.
Vários destes cardeais estavam no grupo dos indicados como possíveis papas antes do conclave que elegeu o sucessor do papa Bento XVI.
Os cardeais vão trabalhar na revisão da Constituição apostólica "Pastor Bonus" na Curia Romana.