sexta-feira, 6 de abril de 2012

Novo modelo de cobrança do IPI provoca reajuste no preço dos cigarros.

Os cigarros da Souza Cruz ficam em média 24% mais caros a partir desta sexta-feira (6). A empresa é responsável pelas marcas Derby, Hollywood, Free, Dunhill, Lucky Strike e Vogue.


O reajuste faz parte do novo modelo de cobrança do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) sobre os cigarros, determinado pelo governo. A nova alíquota reajustada será de aproximadamente 41%.


Além de subir o imposto do cigarro, o governo determinou ainda que, a partir de maio, o preço mínimo do valor do maço passará para R$ 3.
Quem vender mais barato estará sujeito a apreensão do produto e suspensão do direito de venda de cigarros pelo prazo de cinco anos.


Em comunicado, a Souza Cruz afirma que vai administrar os reflexos da medida e repassar aos varejistas seus produtos 24% mais caros já a partir desta sexta.