terça-feira, 20 de março de 2012

Eike Batista reafirma culpa de ciclista

Eike Batista reafirma que a culpa foi
do ciclista.
O empresário Eike Batista voltou a defender o filho Thor Batista, envolvido em um acidente que matou um ciclista na BR-040, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Em entrevista à colunista da BandNews FM, ele reafirmou que a vítima foi também quem causou o acidente. 

Segundo Mônica Bergamo, Eike Batista acredita que o ciclista foi imprudente e que entrou na rodovia “como bala de revólver”. O empresário acredita que o filho será inocentado quando sair o resultado da perícia. 

Ainda de acordo com a jornalista, o empresário acredita que o filho trafegava dentro do limite de velocidade. Sobre o fato de Thor ter mais de 40 pontos na carteira, ele alegou que o jovem dirige em São Paulo, onde o rigor é maior. 

Acidente

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) confirma que Thor Batista esteve em um posto a três quilômetros com escoriações e foi submetido ao bafômetro com um amigo que estava no carro. Ainda segundo os policiais, um segurança estava com os dois.

A lataria do carro ficou amassada, mas o veículo, registrado em nome de Eike Batista, não foi periciado. O advogado de Thor o recolheu e se comprometeu a não fazer alterações. O caso foi registrado como homicídio culposo. O jovem e uma tia da vítima vão prestar depoimento nos próximos dias. Ontem, Eike Batista havia afirmado via Twitter, que o filho não teve culpa no acidente.