terça-feira, 2 de abril de 2013

Deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), diz que Comissão de Direitos Humanos era dominada por "satanás" até a sua chegada


O pastor evangélico e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) afirmou em culto realizado na última sexta-feira (29), em Minas Gerais, que a Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, da qual ele é o atual presidente, era anteriormente dominada pelo Satanás, o que provocou protestos de dirigentes anteriores.
Com relação a manifestação de estudantes que protestavam na porta da igreja enquanto ele pregava, o pastor disse que ela se deu porque "Pela primeira vez na história desse Brasil, um pastor cheio de Espírito Santo conquistou um espaço que até ontem era dominado por Satanás!", pregou o pastor. "Sei que Jesus me levantou neste momento para abrir os olhos da igreja brasileira"

A assessoria do deputado afirmou que as declarações da última sexta foram dadas na condição de pastor e não parlamentar. Mas o deputado não é também o pastor?

Veja o vídeo.