segunda-feira, 26 de março de 2012

Prefeitura vai reformar Centro Administrativo Celso Dalmaso

Estrutura do prédio está sendo testada
Com objetivo de reativar o Centro Administrativo Celso Dalmaso, localizado ao lado da Câmara Municipal, a Prefeitura contratou a empresa Tese Engenharia para fazer uma avaliação do prédio. O trabalho começou na última quinta-feira, 22, quando técnicos e engenheiros da empresa estiveram no local para fazer medições e realizar o teste de carga que possibilitará uma avaliação da real condição do edifício. A previsão é de que o laudo esteja pronto esta semana.

De acordo com o engenheiro Robson Dutra, o edifício foi construído com um tipo de fundação segura, com estacamento, porém posteriormente o imóvel ganhou um anexo nos fundos. Este complemento foi feito com sapatas, sistema de fundação não apropriado para o terreno, causando fisuras e inclinação de parte da estrutura. “Estamos finalizando os testes de carga e de esclerometria, que determinam o peso que a estrutura consegue suportar e a resistência do concreto. A princípio, a melhor solução é demolir o anexo e recuperar a parte frontal”, explicou.

De acordo com o Secretário de Fiscalização de Obras, Carlos Antônio Lopes Oliveira, o Governo vai aguardar a emissão do laudo para definir como será feita a recuperação do prédio. “Assim que tivermos o resultado da análise técnica, vamos nos reunir com o Prefeito Arlei que vai decidir o que será feito”, afirmou. 

História Centro Administrativo

Inicialmente conhecido como Edifício Anexo à PMT, o Centro Administrativo Celso Dalmaso foi projetado em abril de 1983, no início da administração do então prefeito Celso Dalmaso, para abrigar secretarias municipais. Com 1.896 m² de área construída em três pavimentos, o prédio foi inaugurado em 1985 e interditado pela primeira vez no final dos anos 80. Foi liberado pela administração seguinte e vetado novamente em 1999. Em 2007, ocorreram dois incêndios no edifício, que também abalaram a estrutura.