domingo, 10 de novembro de 2013

Teresópolis: Cerca de 15 homens espancaram o policial Rafael até a morte na Quinta Lebrão. Ele era morador de Teresópolis e trabalhava no Rio. O crime aconteceu na madrugada deste sábado.

Durante a madrugada deste sábado (9), um policial que estava à paisana foi morto no bairro Quinta Lebrão, em Teresópolis, Região Serrana do Rio. Rafael Cordeiro do Canto estava dirigindo seu carro quando foi parado por alguns homens, que o espancaram até a morte. De acordo com a polícia, houve disparos na cena do crime, mas nenhum tiro atingiu o policial, que era soldado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, no Rio de Janeiro. A arma, segundo os policiais, foi levada pelos suspeitos. Segundo o inspetor da 110ª Delegacia de Polícia, Genival Carvalho Fagunges, cerca de 15 homens participaram do espancamento e apenas um deles já foi identificado.
Rafael morreu no local do crime, na rua Álvaro Paná. Um homem, que não foi identificado, também estava no carro junto com o policial, mas ele não sofreu ferimentos. O corpo da vítima já foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com a polícia, Rafael era de Teresópolis. O caso foi registrado da 110ª Delegacia de Polícia, no Alto. Segundo o delegado titular, Valter Barros, o crime foi um caso isolado e não teria qualquer relação pelo fato da vítima trabalhar em uma UPP. Ainda de acordo com o delegado adjunto, Paulo César, que está cuidando do caso, a polícia tem três suspeitos e já conseguiu identificar um deles.

(G1)