segunda-feira, 14 de maio de 2012

Irã proíbe sites populares. Agora só a internet do país.


O Irã, lutando a favor da internet nacional, proibiu a população de usar sites internacionais mundialmente populares como Gmail, Hotmail e Yahoo, de acordo com informações do jornal "El Pais".
Segundo o jornal, há mais de um ano o governo iraniano criou uma internet própria, o que motivou as autoridades aumentarem as restrições ao acesso à rede mundial.
O ministério de Telecomunicações obrigou também as universidades, bancos e companhias seguradoras a utilizar serviços de correio eletrônico nacionais com a terminação ".ir".