terça-feira, 15 de maio de 2012

Após defender amiga, adolescente é espancado por seis garotas no Paraná


Um adolescente de 13 anos foi espancado por seis garotas próximo à Escola Professora Geraldina da Mota, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Ele foi internado com ferimentos espalhados pelo corpo no Hospital Nossa Senhora do Rocio e já recebeu alta.
Segundo a mãe da vítima, o estudante tentou defender uma amiga que vinha sendo ameaçada pelas agressoras quando foi derrubado no chão e agredido. A amiga ameaçada disse que está com medo de voltar para a escola. "Eu não quero voltar para o meu colégio. Eles não têm responsabilidade. Eles não estão nem aí", afirmou a jovem, que preferiu não ser identificada.
Já o menino que apanhou disse que ficou desacordado depois que caiu no chão e só acordou quando já estava na ambulância do Samu. Ele também declarou que  vai continuar estudando porque pretende "ser alguém na vida". A direção da escola e os pais aguardam a decisão da Secretaria Estadual de Educação sobre as punições do grupo.