quinta-feira, 31 de maio de 2012

PCCS - "Prefeito quer valorizar o servidor e deixou isso bem claro para os secretários", disse Andréa Pacheco, presidente do SindPMT

Comissão se reuniu com a presença do Prefeito Arlei Rosa e a Presidente
do Sindicato dos Servidores da PMT

O Prefeito Arlei recebeu, nesta quarta-feira, 30, em seu gabinete, a Comissão Técnica do PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários) do funcionalismo municipal, para reafirmar o compromisso de implantar o plano que é uma reestruturação dos cargos e carreira dos servidores municipais. A proposta é que o PCCS seja entregue para votação na Câmara Municipal até o dia 30 de junho, por conta do limite de tempo previsto em ano eleitoral.
Depois que for adequado à realidade orçamentária da Prefeitura, o plano será enviado para votação e aprovação na Câmara Municipal.
Durante o encontro, o Prefeito Arlei reafirmou o compromisso de implantação do plano e lembrou que desde que assumiu a Prefeitura, em agosto de 2011, procura atender as demandas do funcionalismo municipal, dentro das limitações orçamentárias. “Estarei sempre do lado do funcionário. Mesmo tendo encontrado os cofres públicos avariados, priorizei o servidor. Pagamos 13º e o 14º salários integrais, aumentamos o valor do vale-alimentação de R$ 50 para R$ 100, e mantivemos o abono salarial de R$ 150, além dos reajustes de janeiro e abril”, e completou “estarei sempre atento as solicitações e farei todo o possível para atendê-los”.  
Presidente do Sindicato dos Servidores está otimista
Servidora municipal há 28 anos, a presidente do SindPMT, Andréa Pacheco, avaliou positivamente o encontro. “Estamos trabalhando com afinco, todos os dias para que a progressão funcional dos servidores saia do papel. Até o dia 11 de junho estaremos entregando na mão do Prefeito Arlei o plano todo revisado. Hoje temos uma comissão técnica muito bem formada e empenhada para que o Plano aconteça e o Prefeito quer valorizar o servidor e deixou isso bem claro aos seus secretários”.
Segundo Andréa, “O servidor municipal nunca teve um plano de cargos. Desde 1986 existiram apenas dois planos de cargos, mas do magistério. Todos os prefeitos prometeram em suas campanhas e não fizeram. E hoje o Prefeito Arlei, com sua boa vontade, sabe que o servidor é a parte principal da estrutura municipal e que não é totalmente valorizado. Mas isso vai mudar e o plano vai sair do papel”.