sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Executado o chinês que vendia carne humana como se fosse de avestruz

Quem poderia imaginar que este homem vendia carne humana?

Um chinês acusado de assassinar 11 pessoas, cortá-las em pedaços e depois vender a carne humana, foi executado nesta quinta-feira, segundo publicação da imprensa chinesa.
Zhang Yongming, de 57 anos, vendia a carne das vítimas como se fossem carne de avestruz, para moradores de uma cidade no sudoeste da China. Mais conhecido como "Monstro Canibal", Zhang foi preso quando policiais invadiram sua casa e encontraram globos oculares humanos dentro de garrafas de vinho e diversos pedaços de carne humana expostos para secar.
O canibal já havia sido preso por assassinato, mas foi liberado em 1997. Dessa vez, após novo julgamento que aconteceu em julho na cidade de Kunming, Zhang foi condenado à morte.