sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Teresópolis: Câmara reúne taxistas e poder público no Teatro Municipal para falar sobre Segurança‏



A Câmara Municipal de Teresópolis organizou um encontro com taxistas da cidade para ouvir as principais reivindicações na área de segurança. A sugestão para o evento, realizado ontem (08.01) no Teatro Municipal, foi do taxista Vanderlei Batista de Medeiros, 53 anos, há dois anos e meio na atividade. “Se a gente tomar a iniciativa e fizer com que o poder público faça por nós, acontece”, comemorava. O pedido foi feito ao presidente da Câmara, Maurício Lopes (PSL), durante o velório do taxista Cristiano Augusto Silva dos Santos, assassinado no dia 05 de janeiro. “Os taxistas estavam pedindo socorro. Estamos aqui nos colocando à disposição para ouvir propostas e mostrar o que podemos fazer nessa área”, garantiu.
O crime foi esclarecido, mas a preocupação em circular pela cidade aumentou. “Temos medo de trabalhar”, afirmou Vanderlei Medeiros. Os taxistas tiveram oportunidade de expor soluções, críticas e conheceram como funciona uma blitz e abordagens policiais. Eles pediram operações mais regulares, principalmente, no horário da noite, e debateram métodos de segurança. O presidente do Sindicato dos Taxistas da cidade, Onofre Correa Pinto, 67 anos, há 40 na profissão, vai reunir a classe para sugerir um projeto a ser debatido na Câmara de Vereadores sobre a instalação de câmeras de segurança nos veículos.
Os taxistas lotaram o teatro e participaram do encontro o presidente da Câmara, Maurício Lopes; os vereadores Serginho Pimentel, Dedê da Barra, Da Ponte e Fabinho Filé; o comandante do 30º BPM, tenente-coronel Mário Fernandes; e representantes do Executivo: Vice-prefeito Márcio Catão; secretário de Administração Carlos Cunha Tucunduva; secretário de Governo José Carlos Cunha; o representante da secretaria de Segurança Márcio Salomão, responsável pela divisão de trânsito. Os demais vereadores justificaram a ausência, pois tinham compromissos agendados anteriormente.