sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Recadastramento do aluguel social: comissão avalia documentos dos beneficiários


Foi encerrado nesta quinta-feira, 29, o recadastramento das famílias que recebem o aluguel social em Teresópolis desde a tragédia provocada pelas chuvas de janeiro de 2011. Atualmente, cerca de 2.700 benefícios são pagos pelo Estado e aproximadamente 700 pelo Município. O valor é de R$ 500 mensais.
Realizada pela Prefeitura no período de 5 a 29 de novembro, seguindo um cronograma de áreas atingidas, na cidade e no interior, a atualização de dados entra agora na fase de avaliação dos documentos apresentados e do levantamento do número de beneficiários atendidos.
O trabalho é feito por uma comissão, formada por representantes da Procuradoria Geral do Município e das secretarias municipais de Desenvolvimento Social e de Meio Ambiente e Defesa Civil, e conta com o acompanhamento do Conselho Municipal de Assistência Social.
O objetivo é verificar se a família realmente faz jus ao aluguel social, bem como se há pagamento em duplicidade. Será verificado ainda quantas pessoas, cujas casas têm indicação de demolição, já negociaram com a Casa Civil, do Governo do Estado, o tipo de indenização que vão receber: valor do imóvel perdido, uma das unidades habitacionais que serão construídas pelo Governo do Estado ou compra assistida.