sábado, 15 de junho de 2013

Realizada na tarde desta quarta-feira, 12, uma palestra de sensibilização pela passagem do Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes,

Realizada na tarde desta quarta-feira, 12, uma palestra de sensibilização pela passagem do Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em maio. A ação atendeu orientação da Superintendência de Proteção Social Especial, vinculada à Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, que vem mobilizando todos os 92 municípios fluminenses a participarem da campanha.
Tendo como público-alvo as famílias atendidas pelo CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social), vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a palestra foi ministrada pela assistente social Tânia Luna e pela psicóloga Mônica Moreira, da Vara Criminal de Teresópolis.
“O objetivo foi sensibilizar as pessoas sobre essa situação e fazer com que cada adulto se sinta responsável por alertar as autoridades quando perceber algum tipo de abuso ou violência contra a criança e o adolescente”, pontuou a Secretária Graça Granito, que acompanhou a palestra junto com a Subsecretária Alair Sampaio Ramos da Silva e a equipe técnica do CREAS.
Contado com uma equipe formada por psicóloga, pedagoga e assistente social, o CREAS tem como função atender pessoas e famílias vítimas de violência e que tiveram seus direitos violados, ou vínculos familiares rompidos. Atualmente o setor faz o acompanhamento de aproximadamente 840 famílias. De acordo com a psicóloga Aparecida Ximenes, 30% dos relatos dessa clientela são relativos a violência e abuso sexual, negligência, maus tratos e bullying.
Instalado na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (Av. Alberto Torres, 1148 – Alto), o CREAS funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.