terça-feira, 11 de junho de 2013

Defesa Civil: teste mensal avalia 26 sirenes em Teresópolis

Das 24 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme implantado em Teresópolis pelo Governo do Estado, duas necessitaram de verificação mecânica: a da Ilha do Caxangá e uma no bairro Quinta Lebrão. A constatação foi feita durante o teste mensal dos equipamentos realizado na manhã desta segunda-feira, 10 de junho.
Em relação às sirenes instaladas pela Prefeitura no 2º Distrito, a da Escola Municipal Nadir Veiga Castanheira, em Três Córregos, precisou de ajuste mecânico. Já a sirene implantada na Escola Municipal Maria Mendes, na localidade de Cruzeiro, funcionou perfeitamente. Os equipamentos têm a função de disparar quando o nível de água dos rios vizinhos aos prédios escolares atinge um nível crítico, indicando a possibilidade de transbordamento.
Como acontece todos os meses desde 2011, o teste foi realizado e supervisionado da Sala de Operações da Defesa Civil Municipal, na Tijuca, com acionamento por sistema remoto, através da internet. O objetivo da verificação é checar o funcionamento e corrigir possíveis problemas.
 A verificação foi acompanhada por equipe da Secretaria Estadual de Defesa Civil, por integrantes da Cruz Vermelha Brasileira em Teresópolis e da Rede Nacional de Emergência de Radioamadores. Nas comunidades onde as sirenes estão instaladas, o teste foi monitorado por agentes de Defesa Civil, voluntários dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil e radioamadores. 
As 24 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme estão distribuídas pelos seguintes bairros e comunidades: Santa Cecília (1), Fischer (1), Caxangá (1), Corta Vento (1), Pimentel (2), Rosário (2), Perpétuo (2), Vale da Revolta (2), Coreia (2), Fonte Santa (2), Caleme (2), Granja Florestal (3) e Quinta Lebrão (3).