sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Cântico de Carnaval. Vi novamente o povo pulando nas ruas....

Cântico do Carnaval.

Até que enfim Teresópolis, ouvi de novo ecoar a melodia dos teus saudosos carnavais. Vi novamente o povo pulando nas ruas, celebrando a alegria. Vi a multidão cantar e sambar ao som de cânticos irreverentes, de repiques e de batuques, como a dizer a dor que ela já não é mais bem-vinda. Que ela pode sombrear caminhos, mas não tem poder para matar a ânsia pela vida. Que ela fere a alma, mas não tem poder para apagar a chama dos corações apaixonados.


Eu te vi Teresópolis, cantando e sambando novamente. Senti renascer a esperança ao ver pelas esquinas crianças correndo e brincando, felizes como pássaros num dia primaveril. Vi o amor se derramar de novo no asfalto; as famílias se unirem pelos caminhos; a fraternidade latejar no peito dos estranhos e a alegria cintilar no íntimo de cada olhar.


Teresópolis vive! Explodiu em alegria!


Tua sina não é a eterna dor Princesinha da Serra! Esquece as tuas mágoas; sublima teu passado, porque novos tempos virão... 


Aqueles que te amam sempre apostarão na tua glória e esperarão por ti. Tua gente merece ser feliz!