quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Lutador brasileiro na Suíça é morto por uma mulher

Terra - O brasileiro Wagner Luis Cardoso, lutador de artes marciais mistas (MMA), morreu no último fim de semana em Zurique, na Suíça. Aos 31 anos, ele morava no país e era segurança de um cassino.

 De acordo com a imprensa suíça, uma mulher teria confessado o crime aos oficiais e atribuiu o incidente a uma discussão amorosa. Ela deu nele vários tiros. O vizinho ainda chamou uma ambulância e tentou reanimar Wagner, mas este morreu no local.

 Cardoso tinha 1,90 m e 120 kg, viveu até os 18 anos de idade em Dorândia, distrito de Barra do Piraí. A família do lutador ainda mora no local e foi pega de surpresa com a morte. Quem avisou a família foram amigos através do facebook.