segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Falta de policiamento a noite na Várzea tem sido motivo de repetidas reclamações

Delfim Moreira
 
Rodoviária
Delfim Moreira

Neste domingo, depois de  algumas reclamações feitas por populares sobre a falta de policiamento a noite na Várzea, resolvemos fazer o trajeto do teatro SESC até a Rodoviária a pé, com a finalidade de observar e fazer uma constatação. Foi ai, que verificamos uma situação bastante preocupante. Depois das 21:00 no trajeto do SESC até a Rodoviária, não avistamos um único policial nas ruas, ou seja, a Várzea depois das 21:00, ao que parece, fica totalmente desguarnecida. Nem mesmo na Rodoviária que registrava um elevado número de passageiros transitando, tanto os que chegavam quando os que embarcavam, pudemos ver algum policial. Em alguns momentos, cruzamos com pessoas visivelmente drogadas, de aparência perigosa, e a sensação que nos ficava era de que se algum tipo de agressão ou tentativa de assalto viéssemos a sofrer naquele momento, apenas conosco mesmo poderíamos contar. Isso nos leva a refletir sobre a insegurança em que todos estamos mergulhado quando transitamos pela Rodoviária à noite, quando caminhamos pelas ruas ou entramos e saímos dos nossos carros depois das 21:00 na Várzea. Relatório sobre este fato já esta sendo encaminhado as autoridades competentes. 
Rodoviária
                
           CLIQUE PARA AUMENTAR AS FOTOS.