segunda-feira, 7 de outubro de 2013

10º Cultura de Raiz homenageia Dia das Crianças com vários artistas.


A pequena Bia Morgan foi muito aplaudida

As atrações infantis, incluindo as incríveis apresentações de artistas mirins, foram o ponto alto da 10ª edição do Encontro de Cultura de Raiz – temporada 2013, realizado no último domingo, 6 de outubro, na Casa de Cultura Adolpho Bloch. Promovido pela Prefeitura, através da Secretaria de Cultura, o evento reuniu inúmeros artistas, que encantaram o público ao longo de toda a manhã. Além do Dia das Crianças, tema principal do programa, o evento lembrou ainda a Primavera. 
“Neste mês em que se comemora o Dia das Crianças, nada melhor para homenageá-las do que mostrar ao público os muitos talentos infantis que existem em Teresópolis. E as crianças agradaram em cheio em suas apresentações e, ao mesmo tempo, ainda puderam curtir as outras atrações infantis que fizeram parte da edição. Foi um domingo de sucesso e muita alegria”, comemorou o Secretário de Cultura, Wanderley Peres. 
Muita gente compareceu ao 10ª Cultura de raiz
Ao longo de quase quatro horas de duração, o 10º Cultura de Raiz contou com mais de 25 apresentações, comandadas pelo engenheiro agrônomo Beto Selig, apresentador oficial do evento. Entre uma música e outra, fez sucesso o lanche à moda caipira, com direito a bolos, biscoitos, café, sucos, aipim cozido e batata-doce. Isso sem falar na distribuição de sacos de pipoca e pirulitos, por conta do Dia das Crianças. 
Artistas mirins mostram talento
Entre as muitas atrações, o maior destaque ficou por conta das apresentações infantis. Ao lado do professor Marcos André, Mateus Duque encantou a todos ao tocar ‘Trenzinho Caipira’ e ‘Asa Branca’ no violão. Logo depois, foi a vez da pequena multitalentos Bia Morgan, que agradou cantando ‘Fico assim sem você’, sucesso na voz de Claudinho e Bochecha e de Adriana Calcanhoto. E teve ainda o sorridente Matheus Barreto, que ganhou a plateia com sua simpatia cantando ‘A casa’ e ‘Aquarela’. 
Crésio da Vila, Arnaldo Almeida e amigos
Além das crianças, alguns artistas também apostaram no tema, como Vera Borcard, que interpretou antigas cantigas, como ‘Atirei o pau no gato’ e ‘Ciranda, cirandinha’, contando com o auxílio de Bia Morgan na coreografia. Ao som da flauta doce, Cândido Neto foi outro que lembrou a data e também fez sucesso com sucessos do cancioneiro popular infantil, como ‘Escravos de Jó’ e ‘Cai-cai balão’. E a festa teve ainda Ozair Furtado, interpretando o palhaço Pirilim, que divertiu a todos com histórias e ainda como ventríloquo, interagindo com o boneco Willy. E finalmente, Zé Futrica, que divertiu com muitas palhaçadas. 
Ao longo do evento, outros artistas também tiveram destaque, como o violonista Geremias Cruz e a cantora Marta Rocha, apresentando ‘Lua Branca’, e para o cantor Wenderson Rosa, que mais uma vez prestigiou o projeto e cantou ao lado do pai, Edson. “É sempre um prazer estar aqui no Cultura de Raiz. E sinto que, cada vez mais, sinto falta quando não posso estar presente. Este projeto é realmente maravilhoso e digno de muitos aplausos”, comentou o cantor. 
Írio Lima agradou a todos
Destaque também para o sanfoneiro Seu Timbira, que animou com ‘Só alegria’ e ‘Barra limpa’, acompanhado por Zé Luiz, Arnaldo Almeida e Ayrton Rebello, e Moacir Rosa, que cantou ao lado de Mario do Violão. Composto pelos integrantes da Universidade da Terceira Idade (Univerti-FESO), o Coral Cantar é viver foi outro sucesso da edição. O grupo se apresentou com acompanhamento da professora Jane Barbosa e fez sucesso com ‘Que saudades da professorinha’, entre outras. 

Entre outros artistas, a festa teve ainda a presença do animado Írio Lima, do Trio Bico Seco, cantando ‘Amigo do sol, amigo da lua’, Crésio da Vila, Zé Lopes, Amado Rodrigues, e a poesia de Lucas Castilho, ‘Contrastes’, declamada por Ayrton Rebello. Finalizando, o bom e velho chorinho de Pixinguinha interpretado por Gustavo Agostini, Geremias Cruz, PC de SI, Andréa Sant’Anna, Arnaldo Almeida e o músico Celso Guimarães, que está de volta a Teresópolis depois de longa temporada nos Estados Unidos. 
Fora todas as atrações musicais, na sala de dança da Casa de Cultura Adolpho Bloch, o público pode conferir os estandes de artesanato. Estiveram presentes os artesãos: Ana Litardo (produtos da Feira Agroecológica), Leir Guarilha (bijuterias),

Maria Christina Barbosa (artesanato em tecido e sucata) e Magno Guimarães Pinho (tapioca).        
Participantes
Participaram do 10º Encontro de Cultura de Raiz os seguintes artistas: Beto Selig, Magno Pinho, Adão Curió da Viola, Roninho, Paulo Medeiros, Zé Lopes, Arnaldo Almeida, Tião do Triângulo, Ayrton Rebello, Amado Rodrigues, Seu Timbira, Zé Luiz, Lucas Castilho, Mateus Duque, Marcos André, Zé Rodrigues, Coral Cantar é Viver, Jane Barbosa, Roberto Müller, Julicão, Ozair Furtado, Moacir Rosa, Mario do Violão, Luiz Aldo, Edson Rosa, Wenderson Rosa, Cândido Neto, Bia Morgan, Matheus Barreto, Vera Borcard, Andréa Sant’Anna, Írio Lima, Trio Bico Seco (Inácio, Helcir e Julio Cesar), Geremias Cruz, Marta Rocha, Crésio da Vila, Deusecílio, Zé Futrica, Gustavo Agostini, PC de SI e Celso Guimarães.