sexta-feira, 13 de setembro de 2013

OBMEP - Olimpíada Brasileira de matemática das Escolas Públicas, realiza cerimônia de premiação em Teresópolis

Momento do Hino Nacional
Nesta sexta feira, 11, o auditório da Secretaria Municipal de Educação (Edifício APA) foi palco da cerimônia municipal de premiação da 8ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), do ano de 2012. Na cerimônia foram homenageados 46 alunos de escolas públicas de Teresópolis, agraciados com os certificados de menção honrosa pelo seu desempenho na OBMEP 2012, além do aluno que recebeu medalha de prata nesta edição da olimpíada e 5 alunos que receberam a medalha de bronze.
Prof. Marcelo Corrêa (UFF) fala sobre o evento
Segundo o Coordenador Regional da OBMEP, professor Marcelo da Silva Corrêa, do Instituto de Matemática da UFF, Teresópolis e Volta Redonda foram destaques no Estado do Rio. “Temos três níveis de premiação: a nacional, a estadual e em algumas cidades que se destacam, como Teresópolis, buscamos fazer também uma premiação municipal. Dos quase 19 milhões de alunos inscritos inicialmente, em todo território nacional, foram 33 mil premiados com menção honrosa. Estes alunos premiados devem ter suas atuações valorizadas e estimuladas para que continuem a se desenvolver”, ressaltou Marcelo.
Diretora Carla Rabello ao lado do medalhista de
prata Daniel de Freitas Quintanilha
A OBMEP é uma iniciativa do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática, mantida pelos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia. Com o intuito de estimular e promover o estudo da matemática entre alunos das escolas públicas e a inclusão social por meio da difusão do conhecimento, a maior Olimpíada de Matemática do mundo venceu as distâncias do território brasileiro e se firmou como um evento de grande destaque no cenário nacional.
46 alunos de escolas públicas de Teresópolis
agraciados com certificado de menção honrosa
O aluno do Centro Educacional Beatriz Silva, Daniel de Freitas Quintanilha, foi medalhista de prata na olimpíada e lembrou que todos os participantes são vencedores. “Com esforço, dedicação e interesse, qualquer aluno poderia estar recebendo essa premiação. Então, parabéns a todos que, mesmo não ganhando medalhas, já são campeões por terem participado e se esforçado”, felicitou Daniel.
A premiação de alunos na OBMEP 2012 totalizou quinhentas medalhas de ouro; novecentas medalhas de prata; três mil e cem medalhas de bronze. Todos os alunos premiados com medalhas recebem bolsas de Iniciação Científica Jr, do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico Tecnológico, para que estudem matemática sob a coordenação dos professores indicados pela OBMEP.
Em Teresópolis, além de Daniel de Freitas Quintanilha, que recebeu medalha de prata, outros cinco alunos receberam a medalha de bronze: Gabriel Macedo Luna, do Centro Educacional Roger Malhardes (CEROM); Geovane Braga dos Santos, do Centro Educacional Beatriz Silva; Matheus de Siqueira Jesus Silva, da Escola Municipal Neidy Angélica de Souza Coutinho; Thiago Pacheco Lopes Oliveira do C. E. Higino da Silveira e Andre Matheus Pedrosa da Cia. José Francisco Lippi. Além deles, 46 estudantes receberam certificados de menção honrosa.
Os resultados dos estudantes na OBMEP premiam também professores, escolas e municípios. Em todo o país foram homenageados 1.000 professores, sendo um deles do município de Teresópolis, a professora Claudia Telles, do Centro Educacional Roger Malhardes (CEROM). Na cerimônia, outros 31 professores municipais de matemática foram premiados com uma placa alusiva ao seu esforço e atuação junto aos alunos.
“Estar aqui hoje é um reconhecimento do esforço coletivo das equipes diretivas, professores, pais e estudantes da rede pública de ensino. Quando todos atuam juntos, podemos mudar muitas coisas. Então queremos parabenizar e agradecer aos pais, aos estudantes e principalmente aos meus colegas professores”, reconheceu a professora Carla Rabello, diretora do Departamento de Educação da Secretaria Municipal de Educação.