sábado, 14 de setembro de 2013

Condenado a 15 anos de reclusão por estupro, o pastor Marcos Pereira vai recorrer da decisão.

SRZD - O advogado do pastor Marcos Pereira, Marcelo Patrício, afirmou que a sentença da juíza Ana Helena Valle, da 2ª Vara Criminal da Comarca de São João de Meriti, é "absurda" e disse que vai recorrer.
O religioso foi condenado a 15 anos de prisão por estupro nesta quinta-feira. Segundo ele, a condenação foi baseada em depoimentos das vítimas, que considera "completamente contraditórios" e afirmou que "não existem provas" contra seu cliente. "É lógico que vamos recorrer."
De acordo com os autos do processo, o crime de estupro ocorreu no ano de 2006 contra uma fiel nas dependências da igreja.
"Pelo exposto e por tudo que dos autos consta, julgo procedente a pretensão punitiva para condenar Marcos Pereira da Silva, como incurso nas penas dos art. 214 c/c art. 226, II, ambos do Código Penal", diz parte da sentença da juíza.