terça-feira, 23 de outubro de 2012

Já chega a 11 anos de reclusão a condenação do publicitário Marcos Valério pelos crimes do mensalão.

Ministro Joaquim Barbosa sugeriu as penas.

BRASÍLIA - O Supremo Tribunal Federal (STF) aplicou nesta terça-feira, 23, a pena de 11 anos e 6 meses de prisão para o publicitário Marcos Valério devido à participação do empresário no escândalo do mensalão. A punição ainda é parcial, uma vez que o réu, condenado por todos os crimes de que foi acusado no processo, ainda será julgado por mais delitos.
Valério deverá cumprir pena de 4 anos e 1 mês e mais 180 dias-multa pela corrupção ativa na Câmara, 4 anos e 8 meses mais 210 dias-multa por peculato relativo à Câmara dos Deputados e 2 anos e 9 meses mais 291 dias-multa por formação de quadrilha.
As penas foram sugeridas pelo relator da ação, ministro Joaquim Barbosa, ambas aprovadas por unanimidade.