segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Espetáculo de dança contemporânea, “Um Rio, de Janeiro a Janeiro”, será apresentado no Sesc Teresópolis, dia 27/10‏


Espetáculo de dança contemporânea, “Um Rio, de Janeiro a Janeiro”, será apresentado no Sesc Teresópolis, dia 27/10
Associados têm entrada gratuita no espetáculo, que celebra as características de quem vive no subúrbio do Rio de Janeiro

O Sesc Teresópolis, seguindo sua vocação de polo cultural da região, apresenta no próximo dia 27/10, às 20h, o espetáculo “Um Rio, de Janeiro a Janeiro” - o mais recente trabalho da companhia carioca Rubens Barbot, um expoente da dança contemporânea. Associados Sesc Rio têm entrada gratuita, e os ingressos para o público em geral são populares: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (estudantes, menores de 21 anos e idosos). A classificação é livre.

Com 22 anos de trabalho, a Cia. Rubens Barbot desenvolve um trabalho de análise de gestos e movimentos centrado especialmente na população afro-brasileira. Não é à toa que a companhia apresenta espetáculos com temas ligados às raízes africanas do povo brasileiro. Além disso, é a primeira de dança contemporânea a ter um elenco fixo totalmente negro, possibilitando a ampliação do espaço de atuação profissional de artistas e técnicos negros no mundo das artes cênicas.

“Um Rio, de Janeiro a Janeiro” não foge das características da companhia: é um olhar sobre gestualidade do carioca, em especial as figuras suburbanas, como o malandro. A trilha sonora de sambas, escolhida pelo diretor Gatto Larsen e o supervisor coreográfico Rubens Barbot para dar luz à malemolência carioca, é uma atração à parte. Canções como “O mundo é um moinho”, de Cartola e “Alvorada no Morro”, de Cartola, Hermínio Bello de Carvalho e Carlos Cachaça embalam as performances dos bailarinos, em um conjunto que promete emocionar o público, com alternância de sentimentos de alegria e tristeza.