quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Condenado por compra de votos, Chiquinho de Sapucaia perde mandato antes de assumir


Eleito vereador em Sapucaia, região serrana do Rio, Francisco de Assis Cavalcante da Silva, o Chiquinho perdeu o mandato antes mesmo de assumir. A Justiça Eleitoral condenou o político por compra de votos. Em agosto passado, Chiquinho doou material de construção e R$ 1.000 para um morador do município construir uma ponte em sua casa. Além de perder o mandato, Chiquinho ficará inelegível por oito anos. O TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro) ainda condenou o vereador a pagar uma multa de R$ 2.300. O Ministério Público Eleitoral também entrou Chiquinho e o morador beneficiado pela prática do crime de corrupção eleitoral. O artigo 299 do Código Eleitoral diz que "dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita”.