quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Condenado a 40 anos de prisão, Marcos Valério propõe delação premiada e vira "arquivo" a ser queimado.

Advogados de Marcos Valério entram com pedido de delação premiada, mas Ministros dizem que o julgamento do mensalão acabou. No entanto, existem ainda outros processos em que Marcos Valério esta incurso como réu, e esses processo podem sofrer alterações de acordo com as informações que o publicitário tenha a oferecer. Os advogados disseram também que Valério esta sendo ameaçado, já que é um "arquivo" vivo, e sua morte faria desaparecer para sempre a possibilidade de outros culpados serem incriminados. Já se pensa em colocar Valério numa prisão de segurança máxima com isolamento, pois em prisão comum ele poderá ser morto. Especula-se que o ex-presidente Lula seria um dos denunciados numa possível delação.