domingo, 16 de setembro de 2012

Lyoto Machida recusa luta contra Jon Jones e contraria Dana White

Lyoto Machida deverá enfrentar Dan Henderson, segundo Dana White
Lyoto Machida recusou disputar o título da categoria dos meio-pesados do Ultimate Fighting Championship contra Jon Jones, no próximo dia 22, em Toronto, no Canadá. A atitude do lutador brasileiro irritou o presidente da organização, Dana White. Nesta sexta-feira, em entrevista ao site MMA Fighting, o mandatário do UFC descartou qualquer chance de o "Dragão" ser o próximo desafiante ao cinturão, e ainda já "agendou" o futuro do lutador dentro do evento.
"Machida deveria ter aceito essa luta. Vimos isso, a história sempre se repete. Veja quanto tempo demorou para Rashad Evans obter um 'title shot' de novo. Você quer encarar Jon Jones e tem a oportunidade, e não a aceita! Como assim? Então você enfrentará Dan Henderson", esbravejou Dana White, já casando uma luta entre ex-campeões do UFC e do Pride.
Dan Henderson, a princípio, seria o desafiante de Jon Jones no UFC 152. Entretanto, uma lesão recente impediu o lutador de encarar o campeão no evento canadense. A lesão de Hendo abriu espaço para Lyoto, que, alegando falta de tempo de preparação, recusou a chance da revanche com "Bones" - os dois se enfrentaram em 10 de dezembro do ano passado.
Irritado com Machida, Dana White afirmou que o futuro do brasileiro entre os principais nomes da categoria meio-pesado estará em risco, dependendo do resultado do combate contra Dan Henderson.
"Talvez você nem chegue ao título de novo. Você perde para Dan Henderson e fica em um lugar muito distante de Jon Jones", completou o presidente da organização mais famosa de MMA (Artes Marciais Mistas, em inglês) do planeta.