terça-feira, 8 de dezembro de 2015

PREFEITURA esclarece a questão da nomenclatura de cargos - Todos os funcionários trabalham e não existem fantasmas.


As denúncias de que funcionários estariam sendo nomeados em cargos que existem apenas no papel, não vem acompanhada da informação de que isso é assim há muito tempo. Não dando essa informação, fica parecendo que as nomeações são alvo de irregularidades do atual governo, e que o objetivo seria a nomeação de fantasmas, o que não é verdade.
Esses cargos foram criados em governos anteriores e tiveram funcionários nomeados, o que não quer dizer que não trabalhavam Após a nomeação, eles eram prontamente cedidos a outro setor. Usava-se apenas a nomenclatura do cargo, existente e aprovado na Câmara Municipal. Todos os cargos nomeados no atual governo ((exatamente 470), estão trabalhando normalmente, e exercendo funções fundamentais para a continuidade dos serviços públicos.
O cargo de Chefe do P.U de Água Quente, por exemplo, se refere a uma função que foi criada em 1993, e que DESDE 2009 POSSUI FUNCIONÁRIOS NOMEADOS, ou seja, são nomeados nessa nomenclatura e depois cedidos para outro setor. O cargo não é inexistente.
Vale esclarecer ainda que, após a identificação desta falha, omitida por subsequentes administrações no passado, a ATUAL GESTÃO INICIOU A CORREÇÃO DA NOMEAÇÃO, e posterior processo para a extinção dos cargos, já que isso não pode ser feito sem passar pelo legislativo.
Para isso, já foi criada uma COMISSÃO para analisar e reformular a estrutura de nomenclaturas de cargos nas secretarias municipais.
A meta é que este processo, depois de finalizado, revisado e apreciado pelos órgãos competentes, esteja pronto para ser enviado para aprovação da Câmara Municipal nos primeiros meses de 2016.
Essa é a verdade dos fatos, e não condiz com as acusações e insinuações feitas por determinados segmentos de mídia.
Segundo o prefeito, Marcio Catão, a prefeitura encontra-se à disposição de todos os contribuintes para qualquer esclarecimento adicional.