quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

APÓS SER EXPULSO DO PRP, VEREADOR JÁ RECEBEU PROPOSTA DE TRÊS PARTIDOS


Neste último dia 08, o PRP - Partido Republicano Progressista, comunicou a Câmara Municipal a expulsão formal do vereador Serginho Pimentel, o mesmo que presidiu a CPI cuja documentação foi encaminhada ao Ministério Público, resultando na abertura de mais uma ação de improbidade administrativa contra o prefeito cassado Arlei Rosa.
Pelo que apuramos, o vereador já vinha tendo problemas pessoais com a direção do partido e a expulsão já era esperada. Segundo Serginho, "não havia mais condições de continuar lá. O meu afastamento já era um fato e só faltava formalizar".
O partido usou como justificativa para a expulsão o fato de existirem denúncias contra o vereador, das quais ele nem ainda foi citado, o que segundo Serginho, é apenas um álibi, pois estar denunciado ou responder a processo, não quer dizer estar condenado. "Se fosse assim, a maioria dos políticos brasileiros seriam expulsos dos seus partidos", disse.

Três partidos já encaminharam proposta de adesão ao vereador, que está analisando as propostas para tomar uma decisão.