domingo, 2 de dezembro de 2012

Consumo de drogas dispara em Brasília e leva pânico a população


O cenário é assustador. Em uma situação que se repete há anos, pedestres do Setor Comercial Sul (SCS), oriundos de várias partes do Distrito Federal, temem abordagens agressivas, surtos de raiva e situações suspeitas de pedintes usuários de drogas, encontrados aos montes entre quadras e sob galerias da localidade. Pedestres tem medo e são obrigados a desviar o olhar por recearem represálias. Para combater o comércio ilegal de drogas, e a criminalidade que esta desencadeando na cidade, forças de segurança mapearam as áreas de maior incidência para planejar e coibir o crime.
Das 31 áreas estudadas, 15 diminuíram o montante de registros, 12 aumentaram e quatro continuaram idênticas, com relação a 2011. Mesmo com menos casos este ano, Brasília desbancou Ceilândia e encabeçou a lista organizada pela pesquisa.

(Informação JB)