segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Depois do ouro olímpico, o ginasta Arthur Zanetti tem rotina alterada


A medalha de ouro conquistada nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 mudou a rotina do ginasta Arthur Zanetti. Antes anônimo na rua, o brasileiro agora precisa conviver com pedidos de autógrafos, conversas com fãs e participações em eventos. Tudo isso sem parar de treinar, já que a temporada de competições de sua modalidade só acaba em dezembro.
Zanetti conquistou o ouro na prova das argolas na capital britânica, deixando o chinês Yibing Chen, campeão em Pequim 2008, com a medalha de prata. Foi também a primeira vez que um atleta do Brasil subiu ao pódio olímpico na ginástica artística.
"Está meio complicado ainda, muita correria, estou tendo muitos eventos. Estamos tentando conciliar com os treinamentos porque o ano ainda não acabou. Continuo treinando normalmente, tenho mais três etapas de Copa do Mundo e férias só lá mesmo no final de dezembro", disse o ginasta.