quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Lançamento do "Renda Melhor", reúne centenas de famílias no Pedrão.

Acompanhado de todos os seus secretários de governo, além de vereadores, o Prefeito Arlei recebeu na manhã desta quarta-feira, 14, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para a cerimônia de adesão de Teresópolis aos programas Renda Melhor e Renda Melhor Jovem. Os programas fazem parte do Plano Brasil Sem Miséria, do governo federal para retirar as pessoas da extrema pobreza. 
Junto com o governador estavam o vice-governador, Luiz Fernando Pezão, os deputados estaduais Paulo Melo (PMDB), presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), e André Correa (PSD) e o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira. O evento, que aconteceu no Ginásio Poliesportivo Pedrão, na Várzea, ainda contou com a presença das famílias contempladas pelos programas, que em Teresópolis vão beneficiar 3.531 núcleos familiares. 
O prefeito Arlei falou da satisfação em participar de um momento como aquele. “Foi um prazer receber o governador do Estado e sua equipe em nossa cidade, principalmente para favorecer nossa gente com um programa de complementação de renda. Em Teresópolis são mais de três mil famílias beneficiadas, alem da injeção desse dinheiro na economia do município. Fico feliz por eles estarem recebendo esta ajuda, que trará mais conforto e qualidade de vida”, declarou o prefeito. 
Arlei ainda aproveitou o momento para falar do início da construção das casas populares na Fazenda Ermitage. “O governador me prometeu que semana que vem enviará à cidade representantes do Estado para começar o projeto executivo das casas populares. E com recursos próprios, o governo municipal ainda fará mais 120 unidades habitacionais no Rosário para beneficiar as famílias da comunidade, que moram em área de risco”, completou. 
Renda Melhor e o Renda Melhor Jovem
O Renda Melhor é voltado para famílias que recebem o Bolsa Família e, mesmo assim, vivem com rendimento inferior a R$ 100 por pessoa. Os valores recebidos mensalmente variam entre R$ 30 e R$ 300. Já o Renda Melhor Jovem é destinado aos integrantes das famílias beneficiadas pelo Renda Melhor que estejam matriculados na rede regular de Ensino Médio, com até 18 anos incompletos. Através de uma poupança no Banco do Brasil, a cada ano letivo concluído, o jovem recebe R$ 700, R$ 900 e R$ 1 mil, do 1º ao 3º ano, respectivamente. Caso curse Ensino Profissionalizante, em quatro anos, ao final do último período, ele receberá R$ 1,2 mil.