quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Grupo de ativistas de Direitos Animais, protesta em Petrópolis contra a exploração de cavalos em charretes

 Um grupo de ativistas de direitos animais protestou, nesta quarta-feira, contra o uso de cavalos para passeios turísticos em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. O ato foi em frente à Câmara Municipal, onde um trio de mulheres segurava um cartaz contra o serviço de charretes, conhecidas como vitórias.
A polêmica sobre as condições dos animais utilizados para os passeios pelo Centro Histórico da cidade se intensificou quando um dos cavalos passou mal e desmaiou de cansaço, em junho deste ano. Para Patrícia Fitipaldi, ativista que mantém a ONG de proteção a animais abandonados Santuário das Fadas, as tradicionais charretes não podem continuar. Além dos cavalos, ela também disse ao SRZD que se opõe ao uso de bodes na Praça da Liberdade para passeios infantis.
"Pedimos a abolição da exploração dos cavalos e dos bodinhos. Esses animais estão sendo escravizados, submetidos a péssimas condições e maus tratos. Isso tem que acabar", disse a manifestante.