quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Câmara Municipal (10/10) - Denúncias e mais denúncias sobre a administração da saúde no município.

Sr. Valdir Paulino, presidente do Conselho Municipal de Saúde,
denuncia irregularidades na gestão de saúde do município
A prefeitura está impedindo o Conselho de Saúde de Fiscalizar a UPA, não fez consulta ao Conselho quando contratou a OS para dirigir a UPA, como manda a lei, deve quase 40 milhões aos hospitais, não tem ambulâncias, não tem remédios, além de pagamentos a UPA cercados de indícios de irregularidades.
Tem médicos recebendo mais de 100 mil reais para "quarteirizar" serviços (!), passagem de avião paga para diretores da ONG que administra a UPA, etc. O sr. Valdir denunciou também o sumiço de verbas federais para pagamento de serviços da saúde e declarou que a Secretaria de Saúde recebeu ordem de não protocolar ofícios vindos do Conselho de Saúde, numa clara ação de boicote ao órgão fiscalizador.
Coisa horrível de se ver. A Câmara decidiu convocar o secretário de saúde para prestar esclarecimentos e vai abrir uma CPI para investigar todas as denúncias.