sábado, 28 de dezembro de 2013

Meio Ambiente: as inúmeras vantagens do Telhado Verde ou Ecotelhado

Também chamado de eco telhado, este se caracteriza por ser um telhado vivo com plantas que podem ser desde as ornamentais até as de consumo alimentar.
No Brasil o maior telhado verde é o da prefeitura da capital paulista. Essa biocobertura ajuda na preservação deste prédio público, traz um belo visual a quem o observa dos prédios vizinhos e também ameniza a temperatura trazendo equilíbrio térmico.   
Na Alemanha um dos maiores telhados verdes é o do Aeroporto de Frankfurt que possui 45 mil metros quadrados de folhagem desde 1990. O telhado verde deste aeroporto ajuda a abafar o barulho dos aviões. Já na Basileia, suiça este tipo de cobertura é obrigatórios no novos edifícios públicos e privados. Um dos maiores telhados verdes do mundo é o da Ford Motor Company nos Estados Unidos que possui 4,2 hectares de ervas-pinheiras.
 Na suécia irão fazer um bairro inteiro com telhados verdes.
Hoje na Europa em muitos países os telhados verdes se tornaram uma necessidade para se cumprir as exigências ambientais, estes podem ser visto desde os centros urbanos até em instalações nas fazendas.
Para quem ficou curioso, seguem abaixo as vantagens desta biocobertura:


Qualidade do ar: Através da fotossíntese e da aderência dos poluentes ao substrato, os telhados verdes agem como purificadores do ar urbano. O telhado vivo é também um aprisionador de carbono.

Benefício Educacional:  O telhado ecológico é a metáfora da sustentabilidade com efeito pedagógico para gerações futuras sendo, portanto, a cobertura ideal para prédios institucionais e escolas.

Proteção do prédio: A cobertura vegetal em um prédio elimina a concentração de calor evitando a dilatação e protegendo o prédio contra trincas. O substrato absorve também as chuvas ácidas. Estes dois fatores elevam a vida útil da construção.

Pluvial: Pela retenção de água e diminuição do fluxo a laje vegetada  contribui de forma muito significativa no escoamento de água da chuva.
Biodiversidade: Com o crescente desenvolvimento das cidades e de áreas rurais, espécies vegetais e animais têm sido expulsas de seu habitat natural. A cobertura vegetal ou telhado de grama é ferramenta fundamental para a sobrevivência e continuidade da manutenção da vida no conceito urbano que se forma a partir de agora. O telhado ecológico é a solução para cidade moderna.

Acústica: O teto verde diminui a reverberação ao absorver e isola ruídos.
Aquecimento Global: O telhado verde diminui significativamente a necessidade de energia para climatização de ambientes, contribuindo assim para a diminuição de emissão de CO2 e de suas conseqüências. 

Conforto Térmico: O telhado verde proporciona excelente conforto ambienta, pois além do isolamento térmico, ele age por evapo-transpiração, perdendo a energia de evaporação da água por ele retida. O telhado vivo também consome energia pela fotossíntese.

Ilhas de calor: Pela evapo-transpiração auxilia no arrefecimento de centros urbanos. A continuidade dos telhados ecológicos na cidade influi muito significativamente para o conforto ambiental das áreas mais urbanizadas.

Valorização do Prédio: Pelos seus benefícios confere ao prédio um maior valor no caso de venda.

Psicológica: O ser humano reage positivamente a espaços naturais verdes, opondo-se a aridez do concreto e do asfalto. Aumenta o senso de comunidade. Pesquisas apontam a rapidez de curas em hospitais onde os pacientes tem a oportunidade de entrar em contato com áreas verdes. O telhado de grama ou ecológico é a realização da utopia de viver em meio à natureza mesmo cercado de prédios. 

Lazer: No caso de laje plana o telhado de grama se transforma em uma área de lazer.

Produção de Alimentos: A cobertura verde pode ser aproveitada para horticultura com grandes vantagens principalmente no caso de projetos de casas populares. A produção de alimentos próxima ao consumo tem sido apontada com elemento de sustentabilidade na idealização da cidade do futuro.