domingo, 19 de novembro de 2017

MAIS UMA LIMINAR CONTRA O POVO


Recebemos a notícia de que o prefeito conseguiu liminar para obrigar os hospitais a continuar a atender pelo SUS mesmo sem receber os repasses financeiros.
PERGUNTA: Onde está a ordem judicial que vai obrigar a prefeitura a pagar o que deve, ou pelo menos negociar a dívida que tem com os hospitais, que já passa dos 40 milhões?
NOTA DA FESO: Segundo a nota oficial publicada pela FESO, o prefeito e o secretário de saúde nem ao menos recebem os diretores das unidades hospitalares para negociar, e mesmo assim são protegidos por liminares que atropelam o bom senso mais rudimentar.
Estamos preocupados com políticos? Deveríamos, em muito mais alto grau, estar preocupados com o que anda fazendo a justiça no Brasil.