quinta-feira, 16 de março de 2017

TRICANO NÃO VAI SER MAIS JULGADO NO TSE

Contrariando as expectativas gerados nos últimos dias sobre um possível julgamento do atual prefeito Mario Tricano, e o consequente afastamento do cargo, o despacho do Ministro Herman Benjamin, do dia 09 de março, diz que Tricano permanece prefeito até que o Recurso Extraordinário citado pelo Ministro Gilmar Mendes na Ação Cautelar 2902-09, seja julgado no STF.
Sendo assim, a indefinição política permanece até que o Supremo Tribunal Federal se pronuncie e bata o martelo em definitivo, ficando extinta a possibilidade de novas eleições em Teresópolis.