quinta-feira, 19 de junho de 2014

TERESOPOLITANO É VÍTIMA DE RACISMO DURANTE O JOGO ENTRE ARGENTINA E BÓSNIA NO MARACANÃ


O argentino Jabier Nicolas, não sabe o risco que correu ao ofender o levantador de peso Antonio Carlos no Maracanã. O Rapaz, de 20 anos, começou seu treinamento aqui no Pedrão, com o professor Carlos kastrup, e eles treinavam ali na área de estacionamento porque não tinham sala no ginásio. 

Mais tarde ele virou campeão e chegou a levantar 220 kg no arremesso, quando ganhou o campeonato brasileiro sub-20. O argentino o chamou de macaco e ainda ficou imitando gestos do animal para ofender Antonio, que esteve a aponto de agredi-lo, mas pensando bem, resolveu chamar a polícia. 

O homem foi preso e vai responder a processo pelo crime de racismo, após ter pago fiança de 2 mil reais. O Hermano deu foi muita sorte, porque se o Antonio parte para a agressão, ele estaria vendo estrelas até agora.